sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Duas coisas

Tem hora que eu só queria poder dizer
te amo
e que você soubesse que eu não espero um
eu também
porque o bom do amor é sentir
[e poder dizê-lo]


Maya Andrade

8 comentários:

disse...

Bacana :D

Alline disse...

Mais importante é deixar o coração transbordar. ;)

Beeeeijo, Dai!

Maria Fernanda Probst disse...

"Eu também" me soa tão automático, tão não-verdadeiro...

Angélica Lins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Angélica Lins disse...

Tão simples e tão belo.

- É só isso que precisa ser.

Adorei esse teu lugar.

Angélica Lins disse...

Fiquei tão feliz com sua visita e sua delicadeza no comentário que vim aqui agradecer. É tão bom encontar ternura nas pessoas...

Beijos querida!

Única e Exclusiva disse...

O melhor é sentir, nem que não diga, por palavras. Pelos olhos!

bjos, ú&e =**

Daniel Savio disse...

Mas amor, acaba também sendo um pouco egoista, ao mesmo tanto que ele se doa, ele quer receber de volta...

Fique com Deus, menina Dai.
Um abraço.