segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Luzia-criança

                                      

Luzia brincava com um cacho dos cabelos. Enroscava no pequeno dedo indicador e depois soltava. Via o vai e vem da mola. Uma mola suave e castanha que pulava e continuava aos saltitos até parar. Passar o fim de semana na casa da avó era sempre uma lacuna, um espaço a ser preenchido nos seus dias já chatos de criança na escola. Se bem que achava a Tia Mariana uma ótima professora e gostava dos desenhos que ela fazia. Chato mesmo, de verdade, eram os traços que tinha que copiar e que falavam para ela que um dia viraria letra. L-E-T-R-A, letra letra letra letra letra..brincava com as palavras como mais velha continuaria fazendo, só que por escrito.

Correu para o balanço. O balanço de corda nada tinha a ver com o que tinha no parquinho da sua casa. Lá era feito num cercado de areia onde ficava tudo junto: o balanço feito de ferro, o escorregador em 3 tamanhos e um gira-gira. Lá era chato. Chato e seco. Mamãe dizia que era a parte do condomimio destinado a área de recleação. Não entendia. Sabia que não era como o balanço da vó, que tinha um cheiro gostoso e tinha a sombra boa da árvore.

Um passarinho estranho, não desses coloridões que ficam nas gaiolas, mas um pássaro branco e preto, que ficava de pulinho em pulinho, sem habilidade nenhuma para andar mas muita para voar, foi espreitá-la. Girava a cabeça de um lado ao outro. Luzia o imitou. Que quer, passarinho?

O passarinho deu alguns saltitos e quando ela pulou do balanço para pegá-lo, ele voou. Guardou essa cena na gaveta da memória e só a retirou muito tempo mais tarde, em uma aula de Literatura, quando a vozinha há muito já tinha ido voar com o passarinho preto e branco.

*uma homenagem ao Dia das Crianças
*e a Luna Sanchez que sempre me lembra que já passou o tempo de eu postar   =)

4 comentários:

Luna Sanchez disse...

E virou LETRA.

Também virou melodia aqui, fluiu, de tão bonito, e tu sabe que a minha definição de "bonito" também é completinha, não sabe, Dai?

Deixa virar letra mais vezes, deixa?

Obrigada por lembrar de mim. Vi o teu tweet e vim contentinha te ler.

;)

Beijocas.

renatocinema disse...

Bela homenagem as crianças.

Carolina disse...

Fiquei encantada com a Luzia! Que menina mais linda!

Feliz dia das Crianças, Dai!

:)

Frau Forster disse...

Adorável :)